sexta-feira, 16 de junho de 2017


O PÔR DO SOL AQUI É MARAVILHOSO


Como é linda  a natureza!  Sempre fui muito encantada com as flores, com o campo. Em minha infância eu ia muito para a roça e sempre admirava aquele trabalho rude dos homens, mulheres e animais.
Pois bem, vivi minha vida na cidade, envolvi-me com os afazeres da cidade, estudei um pouco, mas mesmo assim lembra-me sempre da roça.
O que aconteceu comigo, vou explicar: Sei que estou do lado oposto da vida, no mundo espiritual. Sei que já passei para cá. Uma doença grave me afetou. Lutei contra ela, mas ela foi a mais forte e morri.
O que encontro do lado de cá? Uma casa pequena, mas acolhedora, no meio de bosques, flores, pássaros e todos aqueles que eram meus amigos  e parentes da roça estão lá.
Me falaram que é só um estágio para eu me recompor daquela doença. Alguém sempre  vem, parece um cura, e me dá porções de chás para eu beber. Eu bebo e fico bem. Às vezes ainda sinto dores, mas não tão atrozes como eu sentia. Alguém sempre vem com um livro, talvez a bíblia, lê os fascículos para nós, porque sempre nos reunimos para nossa oração vespertina.
O pôr do sol aqui é maravilhoso e é um verdadeiro altar para rezarmos. Sei que tudo está bem, mas o que me acontece quando me recordo de acontecimentos tristes? Toda essa paisagem desaparece e volto a sentir aquela dor atroz que me acometia quando “viva”. Se me desespero é pior, mas tenho meus amigos que me ajudam.
Dizem-me: “Tens que te restabelecer para ires para um lugar onde possas ler, aprender e estudar, para mais tarde teres a graça de auxiliar os teus que ficaram encarnados.
Deus está sempre a teu lado não fraquejes. Vamos orar...” E aí oramos o Pai Nosso.
E tudo passa sempre.
Aqui é bom, mas sinto muitas saudades de todos aí, de meus netinhos, meus filhos. Mas como tudo passa... a saudade também passa.

 Dalva Silva Oliveira.

Psicografia recebida em 2017.                                     

            Médium: Catarina.

sábado, 10 de junho de 2017



AS PAZES COM DEUS

 Mãezinha e paizinho queridos pude vir até aqui hoje para falar da minha alegria.
 Estou muito feliz em ver como as coisas estão, ver como vocês estão se recuperando me deixa muito animado.
Como é bom ver que vocês estão conseguindo finalmente superar a dor da saudade, agora sim, sinto que é a saudade tranqüila, a saudade gostosa de sentir, sem desespero, sem cobrança.
 Me sinto feliz em ver que vocês fizeram as pazes com Deus.  
 Hoje já não sou mais aquela criança frágil que vocês carregavam nos braços e que depois mesmo já estando maiorzinho ainda era tão frágil. Cresci já sou quase um homem. É o tempo passou, eu cresci e sou feliz e serei sempre agradecido por tudo o que fizeram por mim, por toda ajuda e pela luta constante ao meu lado.
Obrigado por tudo o que vocês representam para mim. Pudessem hoje me ver e veriam como estou forte, aqui também o tempo passa...
Como estou feliz por vê-los melhor, ver o sorriso brotando espontaneamente nos lábios da minha mãe é coisa importante demais pra mim, a alegria da minha mãezinha é também a minha.
Agradeço muito a Deus por estar tendo essa oportunidade.
Que Jesus na Sua infinita misericórdia continue olhando por nós.
Eu serei sempre o filhinho agradecido a Ele por ter me dado pais amorosos como vocês.
Obrigado por terem compartilhado tantos momentos comigo. Meu amor e gratidão serão eternos.
Com carinho do filhinho que jamais os esquecerá.

Huguinho.    

             Psicografia recebida em 2017.                                     

             Médium:  Débora S C

sábado, 3 de junho de 2017


PRECE DE MÃE TEM PODER

Eu sou Luiz Carlos, e você quem é? Como isso é possível, estou aqui na espiritualidade morto e escrevo através de você (médium)? Como pude ser tão incrédulo, indiferente aos ensinamentos de Jesus e de Nosso Pai Deus.
Eu estou tão arrependido dos meus atos e da minha existência. Fui um homem tão ignorante, arrogante e cruel muitas das vezes com a minha família.        
Minha mãe uma doçura de mulher tão sóbria e com tão pouco conhecimento, sua fé fazia ela acreditar e confiar que um dia eu seria acolhido e teria enfim a misericórdia de Deus. E isso foi possível através de suas suplicas a Jesus, suas preces, orações eram intensas, com sentimentos puros e fraternos de uma mãe que sofre ao ver um filho perdido e graças a sua fé fui recuperado e resgatado por um anjo de luz incrível e magnífico.
Fui trazido para um lugar onde era tudo muito limpo e claro, fui colocado em um leito e com roupas limpas eu já me encontrava. Passei por uma noite tranqüila onde me refiz e pude ter forças para vê o que Deus tinha me dado, sendo que eu nada fiz para merecer.
Você deve está pensando o que Luiz fez para que sua mãe orasse tanto e pedia ao Senhor por misericórdia. Fui um drogado, bandido e entrei no crime ainda pequeno com 13 anos e fui ficando cada ano mais envolvido e até que um dia fui preso por um policial e fui em cana para o xilindró, xadrez, um lugar que eu digo com todas as palavras: terrível e sem vida. Somos tratados como bichos e sem respeito algum.
 Literalmente enlouqueci e não suportei aquele lugar e me matei. Isso mesmo fui um covarde, nunca pensei que fosse tão fraco e soberbo que não consegui conviver no mesmo lugar com pessoas igual a mim, depois fui levado para a lama, escuridão, gemidos e sofrimentos, sofri perseguição, pois tinha muitos na espiritualidade me esperando para o acerto de contas.
 Mas não entendo, eu não pedi a Deus por meu resgate, nunca rezei,orei ou fiz uma prece, nunca tive um ensinamento evangélico, não lia nada sobre a bíblia. Eu nem sabia ou não lembrava mais quem era Jesus ou Deus, como se não existisse esses “caras” na minha vida.
 Fui sim resgatado e não sei dizer quantos anos, décadas ou séculos fiquei no umbral, “inferno”, na lama.
Bem, aí está um pouco da minha historia enfim, quero deixar o meu agradecimento a minha mãe por ter implorado a Deus por mim, e hoje já um pouco esclarecido eu ainda não tenho tamanha fé, mas já consegui orar a oração que Jesus nos ensinou: “Pai Nosso...”.
Mãe, querida mamãe sei que a senhora sofreu muito e muitas noites sem dormir pensando em mim, desculpa e obrigado mais uma vez por não ter esquecido de mim.
Vivo precariamente, tenho ainda que recuperar as minhas forças, mas tenho certeza que conseguirei um dia ter fé neste Homem que é só amor e caridade. Perdão Jesus.        

Luiz Carlos Figueiredo.


 Psicografia recebida em 2017.

             Médium: M. Nicodemos.