sábado, 29 de outubro de 2016


JOVEM  RAPAZ  DE  23 ANOS

Quanto sofrimento, muita dor, muita solidão e desespero. Minha fé? Não me lembrava dela e nem que existia um Deus.
 Infelizmente a doença quando vem e nos deixa impossibilitado de viver a vida que tanto desejamos e nos deixa a beira da loucura, do desespero, os questionamentos são muitos e não tem respostas, bem não tinha!
Hoje desencarnado muito me foi esclarecido, mas ainda continuo em tratamento e cada dia com explicações e estudo consigo entender um pouco o porquê de tudo isso que eu vivi.
Sou um jovem rapaz de 23 anos, estudante universitário, estagiário em uma grande empresa onde eu pensava em conquistar o meu primeiro emprego e assim ser um grande profissional, atleta, adorava esporte, opa! Adoro ainda, não deixei de gostar das minhas opções como esporte, profissão, cor, etc... Isso também me deixou inquieto e pensativo, como? Eu ainda gosto das mesmas coisas, mas não pertenço mais a vida corpórea? Eu achava que seria uma outra pessoa, mas não sou o mesmo com as mesmas manias e etc...
Um dia pela manhã fiz o meu lanche matinal como de costume e fui para o meu banho, quando me ocorreu um sangramento nasal, fiquei tranqüilo, mas um pouco preocupado, não era comum e eu sempre cuidei muito da minha saúde.       
Olha tinha muito medo de adoecer e sofrer em uma cama com pessoas em minha volta chorando, escondendo a verdadeira situação e enfim, a doença era o meu temor e fiquei o dia todo com aquela preocupação e resolvi ir ao médico, por sinal um excelente profissional, que não fez vista grossa e sim foi fundo saber o porquê do sangramento, graças a Deus ele encontrou e já me encaminhou para uma especialista que já me indicou um tratamento radical a base de quimioterapia e radioterapia, enfim vocês já sabem qual doença eu vivi e lutei até o fim.
É infelizmente o câncer me venceu, mas em nenhum momento eu achei que ia me vencer, acho que isso foi o que Deus gostou em mim e não deixou que eu ficasse muito doente a ponto de ter pessoas me limpando e chorando em meu leito, eu desencarnei sim, mas me achando um vencedor.
Não lembrei de rezar, fazer preces, orar e nem promessas, eu queria vencer aquele momento ruim em que eu estava vivendo e não pensava em morte e lamentos e sim viver. Tinha fé, mas não orava porque não queria parecer um fraco perante a Deus e ficar lamentando e mostrar que era capaz de vencer.
Eu lutei contra uma doença grave, mas ela não me venceu, ela simplesmente foi um instrumento, ou melhor, uma causa para me levar para o meu plano espiritual, era o meu momento, era o momento do meu fim, ou melhor, o meu recomeço na vida espiritual.
Sou feliz.

Glauco Barbosa Filho.

 Psicografia recebida em 2016.

             Médium: M. Nicodemos.

9 comentários:

  1. Boa noite, como devo proceder para se possível receber uma mensagem do meu filho que morreu atropelado? Grata Fatima Cristina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa noite minha irmã, você deve procurar um Centro Espírita que seja perto de sua casa e frequentar as reuniões para se informar sobre como receber uma mensagem do seu filho. Lá eles poderão te informar. Paz e Luz para você.

      Excluir
  2. Poxa, tô tão perdida, queria receber uma carta da minha mãe Rosa Maria de Oliveira, ela era espírita e desencarnou no dia 21 de março de 2015.
    Não sei como proceder, quem, nem onde procurar, sempre venho aqui na esperança de encontrar respostas, mas sei que não é assim que funciona. Como faço pra receber uma ajuda?
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula tudo bem? Vamos pedir a Jesus que permita , mas te oriento tbem a peir e outros lugares porque estamos super lotados de pedidos. do lado direito dessa paginas existem alguns lugaes qu vc pode pedir. Um abraço

      Excluir
  3. Poxa, tô tão perdida, queria receber uma carta da minha mãe Rosa Maria de Oliveira, ela era espírita e desencarnou no dia 21 de março de 2015.
    Não sei como proceder, quem, nem onde procurar, sempre venho aqui na esperança de encontrar respostas, mas sei que não é assim que funciona. Como faço pra receber uma ajuda?
    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
  4. Olá a todos,

    Tentei escrever uma mensagem ainda agora,mas não sei se deu certo. Como não consigo visualizá-la vou tentar novamente.
    Meu filho Douglas Trajano Rocha desencarnou dia 17 de março de 2015, aos dezoito anos.
    Não sei se ainda é cedo para receber algum escrito com notícias dele.
    Estou tentando ser forte no exercício da fé. Sei que as escolhas de Deus são as melhores para nossas vidas apesar de não compreendermos muitas questões.
    Mas há dias que essa saudade é imensa demais, e a falta dele me trás angústia.
    Parabéns pelo lindo trabalho que dá a certeza da continuidade da vida e da imensa misericórdia de Deus.
    Quem sabe essa misericórdia nos alcance e não tenhamos a graça de uma palavra dele a quem tanto amamos e assim faremos para sempre.
    Um abraço fraterno,

    Fabiana Trajano
    Biatrajano1@gmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana vamos aguardar a vontade de Jesus e pedir a ele para nos dar essa alegria, mas no lado direito desse blog tem alguns links que tbem realizam esse trabalho,estamos super lotados de pedidos. Um abraço.

      Excluir
  5. Boa noite meu nome é augusto venho humildemente pedir o senhor que a caso receba algo de minha mae e minha tia o senhor possa enviar em meu email por favor... minha tinha morreu de cancer julho desce ano dia 28 nome dela eh rosimary e minha que cuidava dela mesmo com coracao ja inchado faleceu meses depois em setembro dia 28 tbm...o nome dela é tania fernandes da costa santos... desde ja agradeco ao senhor pela oportinidade da esperança aqui... meus irmaos. primo e pai estao bem enfraquecidos...

    ResponderExcluir