sábado, 5 de março de 2016


HOMEM OU MULHER, QUAL É O CERTO?

Papai me perdoe, eu tentei ser o homem e o filho que o senhor sempre sonhou, mas não consegui. Eu lutei intensamente. Dias e noites eu vivia em constante luta íntima, para não ser essa figura desprezível que o senhor tinha vergonha. Eu sempre tinha em meu coração uma esperança que eu ia ser o filho hétero, macho e pegador de mulheres, mas enfim me tornei uma mulher literalmente. Foi muito forte, estava no corpo errado e não pude ser o que não existia em mim, o espírito masculino. 
Mas tenho vergonha, não pela minha escolha sexual, mas sim pelo ato infeliz que cometi: o suicídio. Eu sou um filho de Deus e não uma aberração do “Infeliz”, e era essa convicção que eu tinha que ter, pois jamais faria uma coisa para envergonhar o senhor e a minha mãezinha. Sei do sofrimento que causei a todos vocês com meu ato, mas estava em total solidão e esse mundo é tão grande e preconceituoso que não suportei. Infelizmente.
Sofri horrores, pois cometi o pior dos pecados. Hoje estou me recuperando e recebendo todo o cuidado, carinho e principalmente esclarecimento, pois devemos ter mais conhecimento antes de recriminar, julgar e abandonar um filho que deixou o convencional homem e mulher. Isso é o certo? Ou o certo é ser digno, respeitado, bom homem no sentido bom filho de Deus.
O que é melhor para um pai? Um filho criminoso que tira a vida de outro homem, mas ele é homem e os pais querem filho homem, não importa a sua essência, o seu ser, o seu eu?
 Eu ainda não tenho o seu perdão, pois não consigo sentir nenhuma vibração de amor vindo do senhor, mas eu te amo como no momento em que soube que seria o seu filho homem, tão esperado e desejado.
Minha mãezinha querida me perdoe, pois sei de todo o seu sofrimento e do seu desespero quando não tinha condições e nem autoridade para me ajudar, mas sempre soube do seu amor por mim e eu sinto que a senhora me perdoou e ora sempre para que o Pai me tire da escuridão. Já não me encontro na escuridão graças a Deus.
Obrigada mãezinha querida, foram suas preces que me devolveu a Luz.

João Gabriel Ferreira.
“Maria”.

 Psicografia recebida em 2016.

             Médium: M. Nicodemos.

17 comentários:

  1. eu gostava para saber da minha vida ainda mais do brasil mas nao sei com quem falar

    ResponderExcluir
  2. O PRECONCEITO,A FALTA DE AMOR, A INTOLERÂNCIA,ACEITAÇÃO...EM SUMA, COMEÇA DENTRO DE UMA SOCIEDADE, QUE DEVIA SER ESTRUTURADA, PSICOLÓGICA E ESPÍRITUALMENTE...A FAMÍLIA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Luiz, mas nós vamos chegar lá.Uma abraço.

      Excluir
  3. Ninguém quer filho homicida, comparação infeliz essa hein. Sempre aprendi que o espírito tem que respeitar o corpo que lhe é dado como homem ou como mulher e se não conseguir respeitar terá graves consequências e a carta acima comprova isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Douglas na comparação ele quis dizer que as pessoas no mundo de hoje, sociedade machista e preconceituosa, preferem ter um filho homem homicida doq que um filho homosexual. Esse respeitar não basta somente querer, tem outras coisas que pesam muito, como ppor exeplo o passado. Uma abraço

      Excluir
  4. Sr Marco por favor preciso falar com o senhor

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marco Antônio. Essa psicografia me interessou muito. Há pouco mais de dois anos, juntamente com amigos de vários cantos do país, conduzimos uma rede de pesquisa sobre Sexualidade e Espiritismo. Nosso primeiro propósito (meta para mais de uma década de atividades) é exaurir a literatura já existente - dos Espíritos (não dos espíritas encarnados) - sobre o assunto, mediante estudos sistematizados em grupo. Já exaurimos as literaturas de Kardec e de Joanna de Ângelis (inclusive, elaboramos um roteiro de estudo aprofundado da Doutrina Espírita baseado nesse material). Iniciaremos, em breve, os estudos completos de Manoel Philomeno de Miranda, sempre pautados pelo controle universal do ensino (conforme preconizado por Kardec). Não obstante, permanecemos sempre atentos para reunir e analisar outras comunicações esparsas sobre o assunto, sobretudo espontâneas e instrutivas como essa do Espírito Maria.

    No caso, noto desde logo que a comunicação não trata apenas de homossexualidade (mera variante de orientação sexual), mas sim de travestilidade ou de transexualidade (situação bem mais complexa, por se tratar de variação da identidade de gênero e de caracteres/expressões de gênero). Ao contrário da orientação sexual (predominantemente ligada à constituição do corpo físico de cada existência, segundo o Espírito Joanna de Ângelis e uma respeitável vertente da Sexologia acadêmica), a identidade e os caracteres de gênero de cada pessoa (sexo psíquico - masculinidade, feminilidade, androginia, e outras variantes de gênero do psiquismo) é fruto de progressivas construções vivenciais (culturais, sociais, psicológicas etc.) cujos frutos impõem-se naturalmente a despeito da morfologia física eleita (ou imposta, compulsoriamente) antes da reencarnação. É nessa linha que conclusões que os melhores estudos acadêmicos têm caminhado. E as comunicações espirituais também.

    Portanto, no intuito de enriquecer os trabalhos da nossa rede de pesquisa, peço-lhe autorização para utilizarmos o texto nos nossos estudos em grupo. Solicito também, se possível, mais informações de contexto (para análise e registro) tais como: nome do médium, local da reunião do grupo mediúnico, a data da comunicação, que fatos já eram conhecidos anteriormente pelo grupo sobre o caso, quantos anos após a desencarnação sobreveio a comunicação espiritual, outras impressões do médium que porventura enriqueçam a compreensão da mensagem etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luiz Gustavo fiquei muito satisfeito com todo esse trabalho e estudo bem profundo que estão realizando. E tenho o maior prazer em contribuir com seus estudos. Pode sim utilizar essa carta e outras que vcs acharem necessaria.O objetivo do blog é justamente difundir essas cartas para que as pessoas tomem conhecimento de como os espiritos passam suas situações. Se vc percebeu nossas cartas são totalmente diferentes dos mediuns convencionais e segundo nossos mentores do grupo essas cartas tem justamente uns dos objetivos que é levar as pessoas sairem da zona de comodismo e começarem a estudarem sobre a vida pós morte. Nossa casa fica em Juiz de Fora-MG, Chama IDE(instituto de Difusão Espírita).
      A medium se chama Monica Mattos Nicodemos. Em nossa casa para um medium sentar em torno de uma mesa para tarbalhar mediunicamente são necesario dois anos de estudos basicos e sobre mediunidade e após isso seis meses de pratica mediunica experimental.
      E essa carta foi recebida no janeiro d 2016. Nossa reunião de psicografia tem eu como dirigente e mais 08 mediuns. Usamos os metodo de evocação de nomes baseado em uma ficha previamente preenchida pelos entes queridos.
      E interessante que nosso Irmão "Maria" não constava em nenhuma ficha e veio a comunicação sem chama-lo diretamente pelo nome,mas o motivo de sua comunicação se deu devido a uma irradiação que realizamos, nessa reunião, para os suicidas, drogados e homossexuais. E não é o primeiro caso de uma carta nessas condições.
      A medium percebeu muito equilibrio do espirito em relação a sua condição de desencarnado e e relação a sexualidade, ela não conseguiu notar nenhuma imagem ou cenas, pois ela estava em uma reunião de psicografia.
      Caso tenha algum a material ou referencia que possa repassar para nós te agradeço. Um abraço

      Excluir
  6. Boa noite seu Marco Antonio, já fazem 16 anos que minha mãe desencarnou, gostaria de saber se o senhor tem alguma psicografia dela... Pois ainda sinto muita falta dela...
    Nome dela: Santa Sansão Vicenti
    Data de nascimento: 01/04/1947
    Data de falecimento: 24/07/2000
    Desde já muito obrigada!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Patricia vamos orar a Jesus e aguardar. Gostaria de te orientar a buscar ajuda tbem em cartaconsoladora.com.br. Estamos super lotados de pedidos.

      Excluir
  7. Onde posso ir pra yet carta da minha irma falecida a 16 anos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flavia existem varias casas que realizam esse trabalho,mas para atender com presença fisica, busque Irmãos de Luz no Facebook, cartaconsoladora.com.br .

      Excluir
  8. Boa noite seu Marco Antonio, já fazem 16 anos que minha mãe desencarnou, gostaria de saber se o senhor tem alguma psicografia dela... Pois ainda sinto muita falta dela...
    Nome dela: Santa Sansão Vicenti
    Data de nascimento: 01/04/1947
    Data de falecimento: 24/07/2000
    Desde já muito obrigada!!!!

    ResponderExcluir
  9. O preconceito ..é inegável.. é fruto de uma sociedade...mais devemos nos lembrar que também é espiritual.. são espíritos encarnados que muitas das vezes tem o prazer de praticar e incentivar tal atraso, as "pessoas" que são assim podemos dizer mais evoluídas , reconhecem que é errado o preconceito, não o praticam e tentam acabar com as diversas práticas de preconceito. Estamos muito longe disto acabar, é triste vermos suicídio, homicídio, homofobia, a falta de humanidade nas pessoas, a nossa sociedade está mudando aos poucos, ao se reconhecer que é errado o preconceito, as lutas para mudar os espíritos encarnados, mostrando o erro da sua convicção , no seu modo de agir e pensar, ja começou, eu sempre digo para os meus amigos, porquê esse preconceito? Já que um dia na sua família você terá um descendente homossexual? Um descendente negro? e assim vai...Fora que como eu acredito na reencarnação, voltarei diversas vezes , negro, homem , mulher, homossexual, de outras religiões, tudo com a finalidade de espiritualmente melhorar... O nosso preconceito, afeta as pessoas de forma negativa e também nos afetam, quantas amizades deixamos de fazer , por causa do preconceito? Quantas pessoas deixamos de ajudar ,,,, será que vale a pena ser preconceituoso? pensem....

    ResponderExcluir