domingo, 27 de dezembro de 2015

UM  DIA  EU VOU  SABER

         Somos todos descendentes uns dos outros, queiramos ou não somos uma só família. Assim sentia eu, pois morei em um orfanato, órfão de pai e mãe (eu achava assim) estava sempre a espera que alguém me adotasse. Vinham pessoas de todos os lados, eu achando que iam me querer... Mas qual o que? Olhavam-me de lado e passavam.
          E eu pensava assim: não sou descendente dessa pessoa, ou melhor, o nosso sangue não é igual? Mas nada. Ninguém me queria. Atingi a adolescência e chegou a hora de me virar.
          O orfanato mesmo cuidou de me arrumar um emprego. Nesse emprego eu dormia, comia e afinal de contas morava. Só que eu continuava sendo rejeitado. Meus patrões me exploravam de todo jeito: eu trabalhava quase a exaustão. A comida era controlada. À noite eu sentia muito frio, no tempo do frio e muito calor quando era o verão. O cômodo era muito pequeno e eu resolvi fugir.
           Aí sim eu sofri, sofri muito. Primeiro de esquina em esquina, procurava as pessoas, mas elas se esquivavam. Pedia algum dinheiro e elas às vezes me davam, às vezes não. Continuava a andar sem rumo até que eu encontrei embaixo de um viaduto pessoas que, como eu também perambulava. Elas me ofereceram algo que gostei. Era craque. E foi assim, fiquei com elas e me tornei um viciado. Aí não conseguia ficar sem a droga e resolvi como as outras pessoas, roubar para sustentar a droga.
           Não fiz amizade real com ninguém, só pensava em suprir as minhas necessidades físicas. Alguém me denunciou por roubo e fui indiciado como ladrão. Fui preso varias vezes. Estava na prisão, revoltado comigo e com a vida, quando chegou alguém que queria me ver. Era um antigo colega do orfanato que em ofereceu a mão, me levou para a sua casa, me banhou, me olhou e orou para mim (ele se tornou evangélico).
            Tinha família formada com esposa, filhos e um netinho que acabou de nascer. Tudo na vida dele correu normalmente como manda a vida. Eu, porém era um pobre coitado sem nada. Ele me levou para a sua Igreja e lá fui recuperado. Cheguei até a fazer a leitura lá na frente do altar.
             Mas a droga já havia corroído em mim minha saúde física e comecei a sentir os efeitos funestos de sua ação. Adoeci gravemente, fui para o hospital e lá morri. Fui velado e sepultado por esse amigo, a quem devo todo meu respeito e gratidão.
             Hoje eu me acho em um hospital espiritual onde sou tratado. Vem sempre um pastor que dialoga comigo, me ajuda e me orienta.
             Pergunto a ele o porquê de certas situações, por exemplo: porque eu não tive a mesma sorte de meu colega que como eu foi criado num orfanato e que teve uma vida tão boa? Porque eu sofri tanto, se nada fiz por merecer?  Ele diz que um dia eu vou saber, mas que por enquanto ainda não posso, porque estou me recuperando.
            Hoje tive a oportunidade de escrever nessa reunião, auxiliado por esse pastor e ajudado por uma mulher que diz ser a minha mãe.
            Obrigado a todos.
   
            Eduardo Noronha. 
                                                        
 Psicografia recebida em 2015.                                     

 Médium: Catarina.

19 comentários:

  1. MINHA IRMA MORREU DIA 28/6/15 AVC NOME DELA LORDES BISPO DOS SANTOS,GOSTARIA TANTO DE UMA NOTICIA DELA TDS OS DIAS PPENSO NELA A SAUDADES TA DEMAIS.

    ResponderExcluir
  2. minha mae morreu em 24/7/2014 ja faziam quase 2 anos que nao nos viamos,e 3 meses que nao falavamos,por motivo da distancia e falta de comunicacao sinto muitas saudades porem como ela sempre foi boa e generosa com todos,sei que esta bem. mas adoraria ter noticias,o nome dela e Maria Leontina Nunes,paranagua/PR



    ResponderExcluir
  3. Meu marido faleceu no dia 11/12/2015 so preciso saber se ele ta aceitando bem a nova condição de vida dele já que nos tínhamos muitos planos e ele morreu em um acidente que foi atropelodo o nome dele é luciano Vanderlei carli. Poderia me enviar alguma resposta pro meu imail accarli1@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrea neste momento o Luciano está precisando é de oração, porque é muito recente.

      Excluir
  4. Eu também gostaria de uma carta do meu pai.Ele desencarnou no dia 02 de novembro de 2015.
    O nome dele Glycon Cardoso Ferreira.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite, meu amigo desencarnou dia 31 de setembro 2015, sinto falta dele pois acompanhei a doença dele desde o início, gostaria de saber como ele está seu nome e Tobias Nesi como ele está encarando o desencarne ?
    Meu email é higorborgesadao@gmail.com
    Aguardo sua resposta

    ResponderExcluir
  6. Mãe perde filho assacinado com requinte de crueldade dia 22/ 05/2015! Estava no lugar errado e com pessoas errada na hora errada! Eu creio que o Carlos Itamar Varela Da Silva que reencarnou a 1:05 da manhã no dia 26 de Novembro de 1978 e desencarnou com 37 anos de idade! Eu creio que o meu filho esta em tratamento para resgatar as mazelas dele ! Mas por ele não ter feito algo mai por seixar de fazer, eu crei que não foi cumprida a sua missão! Mas acredito que esta bem! Tem como você me responderem! Ou é muito sedo ainda! Eu aguardo a vontade de Deus pai que creio que acolheu e a mãe santicima de jejus lhe socorreu com o seu manto sagrado! Porisso me sinto trancuila por que meu filho Panda era muito humilde e amoroso! E era sesapegado a tudo ate dele nesmo ! Ai a minha pergunta sera que estou serta! Eu sinto que ele esta trabalhando muito mais agora no lugar onde ele avita que ele retornou a sua verdadeira patria! Obrigado pela atenção e fiquem na Paz e Luz!

    ResponderExcluir
  7. Mãe perde filho assacinado com requinte de crueldade dia 22/ 05/2015! Estava no lugar errado e com pessoas errada na hora errada! Eu creio que o Carlos Itamar Varela Da Silva que reencarnou a 1:05 da manhã no dia 26 de Novembro de 1978 e desencarnou com 37 anos de idade! Eu creio que o meu filho esta em tratamento para resgatar as mazelas dele ! Mas por ele não ter feito algo mai por seixar de fazer, eu crei que não foi cumprida a sua missão! Mas acredito que esta bem! Tem como você me responderem! Ou é muito sedo ainda! Eu aguardo a vontade de Deus pai que creio que acolheu e a mãe santicima de jejus lhe socorreu com o seu manto sagrado! Porisso me sinto trancuila por que meu filho Panda era muito humilde e amoroso! E era sesapegado a tudo ate dele nesmo ! Ai a minha pergunta sera que estou serta! Eu sinto que ele esta trabalhando muito mais agora no lugar onde ele avita que ele retornou a sua verdadeira patria! Obrigado pela atenção e fiquem na Paz e Luz!

    ResponderExcluir
  8. Boa noite!
    Gostaria de saber sobre meu avozinho Armindo Ferreira de Melo ele desencarnou em novembro de 2003.

    ResponderExcluir
  9. Minha sobrinha foi assassinada junto com sogro e namorado no dia 22de novembro de 2015. Desde então não tenho pax no meu coração. Queria muito notícias dela. Tão jovem com apenas 20 anos. Queria muito mesmo notícias dela.

    ResponderExcluir
  10. Nome de minha sobrinha é Apoena Machado Leitão! preciso tanto de notícias,saber como está. a tragédia te levou de nós, mas estas viva em nosso coração.

    ResponderExcluir
  11. ROBERTA PESSOA DE FREITAS COUTINHO 26 DE MARÇO DE 2016 00:56.
    NOME DO MEU FILHO É BRUNO EURIBIADES DE FREIAS COUTINHO ,GOSTARIA MUITO DE SABER NOTICIAS DELE .MEU FIHLO FOI ASSASSINADO NO DIA 22/02/2011.

    ResponderExcluir
  12. Oi perdi minha filha Sophia de 5anos e 11 meses faz 1 mês e dois dias mas gostaria d saber. Como ela esta pois no dia de sua morte estava no trabalho e assim q eu cheguei ao hospital com 30 minutos ela faleceu gostaria de informação sei la ando depressiva d mais não sei d nada

    ResponderExcluir