domingo, 29 de novembro de 2015

MELHOR COISA DO MUNDO

         Eu tinha nanismo. Minha cabeça era grande assim como minhas mãos. Meu corpo não se desenvolveu, mas o meu coração palpitava como de qualquer pessoa. Zombavam de mim e até minha mãe às vezes me escondia, eu pensava que era por vergonha de ser assim, mas hoje que estou no plano espiritual vejo que era para me proteger das zombarias.
           Fui uma criança de rosto belo, minha mãe mesmo cortava meus cabelos, enfeitava com uma fita branca e dizia que eu era bonita.
         Depois eu vi que não era bem assim. Morávamos nos arredores de uma cidade pequena e aos quinze anos eu queria ir à festa na cidade. Não quiseram me levar. Meus irmãos e minhas irmãs foram e voltaram contando as novidades. Como eu gostaria de ter estado lá.
   ue me levou tus oi tanta gente me ajudando. Nda valeu e eu morri.
 mente norrem. Mu       O tempo passou, meus irmãos casaram e eu fiquei em companhia de meus pais. Oh que coisa esquisita. Eu cuidei deles até eles morrerem. Foram enterrados no cemitério local. E eu fiquei sozinha na casa que eles construíram. Cuidava dos animais, da casa e da horta.
      Com passar do tempo também envelheci. Comecei a enxergar o que os outros não enxergavam. Via pessoas que falavam comigo. Me orientavam em várias coisas.
          Um dia um casal chegou em minha casa  correndo com uma criança no colo. Estavam aflitos e sem saber o que fazer. Me pediam socorro. A mim, uma anã e velha... Mas eis que me apareceu um senhor que só eu via e me mandou por a criança ao colo e rezar por ela. Foi o que fiz, mas esse senhor pegou a criança, enfiou os dedos em sua garganta puxando algo e a criança voltou a respirar.
           Bastou que isso acontecesse para que eu não tivesse mais sossego, todos achavam que eu curara a criança e foi uma verdadeira procissão de gente que vinha para que eu ajudasse. Nunca mais fiquei só.
            Apareceu uma moça, que morava sozinha para me ajudar e realmente me ajudou, pois ficou comigo muito tempo, morando comigo até o meu desencarne.
            Hoje agradeço a Deus por tudo isso e digo que a melhor coisa do mundo é a mediunidade.

             Ana ou Tianinha como muitos me chamavam.
                                                         
 Psicografia recebida em 2015.                                     

 Médium: Catarina.

8 comentários:

  1. Que maravilha Deus sabe de todas as coisas

    ResponderExcluir
  2. Oi gostaria muito de receber uma mensagem de meu irmão Cláudio Oliveira Pereira, desencarnou dia 19/12/2014. Data de nascimento dia 01/11/1969

    ResponderExcluir
  3. Oi gostaria muito de receber uma mensagem de meu irmão Cláudio Oliveira Pereira, desencarnou dia 19/12/2014. Data de nascimento dia 01/11/1969

    ResponderExcluir
  4. Oi gostaria muito de receber uma mensagem de meu irmão Cláudio Oliveira Pereira, desencarnou dia 19/12/2014. Data de nascimento dia 01/11/1969

    ResponderExcluir
  5. Aguardando ansiosa, carta de meu pai Antonio Lopes de Assis que desencarnou em 03/11/1998

    ResponderExcluir
  6. Aguardando anciosa e desesperadamente carta psicografada ou alguma nova comunicação do meu avô (e pai) Antônio Joaquim de Aquino que desencarnou em 1974.
    Preciso urgentemente de orientação e esclarecimento.

    ResponderExcluir
  7. Aguardando anciosa e desesperadamente carta psicografada ou alguma nova comunicação do meu avô (e pai) Antônio Joaquim de Aquino que desencarnou em 1974.
    Preciso urgentemente de orientação e esclarecimento.

    ResponderExcluir
  8. Aguardo noticias de meu pai Eider Castor da Nobrega Filho desencarnou 3m 11 de janeiro de 2011

    ResponderExcluir