sexta-feira, 21 de novembro de 2014

PERDA PRECOSE  

Entendo que minha abrupta “partida” tenha desestruturado mamãe e papai. Quando nasci, lembro-me como se fora ontem, fiz transbordar de alegria seus convulsionados corações.
Tão querido e ansiado, tive as portas do lar amoroso abertas francamente à minha breve passagem. Eles não se lembravam mais, mas tempos antes de minha concepção já havíamos nos reencontrado durante o desdobramento espiritual ocorrido nas noites tranqüilas daquela primavera. Havíamos acordado “os termos” de minha vinda ao seu mundo e não consistia surpresa, por isso mesmo, que minha estada seria tão breve.       
Embora não se lembrassem igualmente, já nos encontráramos diversas outras ocasiões no mesmo seio familiar, mas com os papeis trocados, ora “eu” pai, ora eles. Temiam com antecipação a dor da perda precoce de seu primeiro e abençoado filho, mas foram encorajados a seguir o caminho daquela prova pelos abençoados guias que nos conduziram àquele encontro prévio. Afiançaram-lhes que nunca lhes faltariam o socorro divino nos momentos de desespero e que, em orando e rogando a Deus a resignação e a compreensão necessária, prontamente as teriam, desde que, também se esforçassem nesse sentido.  
Lembro-me perfeitamente que, pouco antes de minha ligação ao pequeno feto que se formava no ventre materno, novas angustias reprimidas pelo inconsciente de minha mãezinha, temerosa do indefinível sofrimento que alcançaria a família, em tão pouco tempo após minha chegada, abalaram minha constituição orgânica, a ponto de quase expulsar-me por meio de um aborto espontâneo.
Refeita do melindre nos afagos e amorosos esclarecimentos do benfeitor ao qual minha família fora confiada, ao longo de tantas gerações, pudemos prosseguir com minha gestação e posteriormente parto.
Assim, embora tudo estivesse previamente acordado, não se lembravam de sua corajosa aceitação à minha vinda e breve partida. Por isso entendo seus lamentos e, até mesmo, a temporária revolta que parece ter tomado conta do coração de papai. Queria lhes dizer o quanto os amo e que, daqui, de onde estou, posso ouvir sua orações e sentir como meus o ressoar de seus sentimentos.
Quero dizer-lhes também obrigado. Pelo amor incondicional, pela doação e renuncia temporária ao convívio com esta minha singela alma que tanta dor e desencanto já lhes proporcionou em pretéritas existências, mas que agora, com ajuda deles, começa a reassumir o leme de seu barco outrora desgovernado.  
       
                        Josué.   
                                                       
                                                          
Psicografia recebida em Reunião de Psicografia em  2014.                                     

           Médium:  Ana Paula.

11 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Ode deixar que colocarei os nomes na reunião.

    ResponderExcluir
  3. Coloque por favor o nome da minha mãe na sua reunião.
    Marisa Lobo de Faria Guilherme nasceu em 04/02/1949 e desencarnou em 08/11/2003 tinha 54 anos.Morreu estava em casa,devido a problemas de saude decorrentes de um tratamento de artrite reumatoide.
    Obrigado! Meu e=mail lilylobo2@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. mande o nome completo, idade, data e motivo de desencarne.

      Excluir
  5. Olá! Gostaria muito de pedir para que você coloque estes dois nomes nas reuniões. Qualquer noticia dessas pessoas já encheria meu coração de alegria!!!

    Francisco Antonio da silva Barros.
    Nascido: 19/10/1966 Desencarnou: 29/11/2011
    Motivo: Derrame pleural alcoolismo.

    Severino Elias de Albuquerque
    Nascido: 25/11/1964 Morreu: 23/01/11
    Motivo: Hepatite Aguda alcoolica.

    Desde já agradeço!!!

    ResponderExcluir
  6. Queria muito saber do meu irmão que desencarnou em 17/02/2014. Foi uma morte muito triste, minha mãe sofre muito com a perda não se conforma da maneira que ele se foi. Eu ainda sofro muito com sua perda sinto muita sAudade E um vazio dentro e mim fico muito triste em ver minha mãe triste e por isso queria sabef dele se fosse possível pra aclamar o coração da minha mãe obgd fica com Deus. O nome dele e Adriano modesto da Silva

    ResponderExcluir
  7. Oi sou do uruguay e gostaria muito si for possível receber noticias o até mesmo uma mensagem do meu pai jose maria pimentel ferreira ele naceu 06 / 02 / 1931 e falecido 17/08/2011 por causa de doença ele teve demencia semil y trompose cerebral y do meu irmão marcos fabian pere gomez naceu 19 / 01 / 1975 e faleceu 21 / 02 / 2002 causa indefinida ele ficou doente trabalhando no exército e em 4 dias morreu desde ya muito obrigado.

    ResponderExcluir