segunda-feira, 27 de outubro de 2014

MALDITO ALCOOL

         Na verdade nunca gostei de escrever, nunca fui bom com a escrita, mas essa sem duvida foi a única maneira que encontrei para chegar aos meus entes queridos.
       Claro que precisei estar do lado de alguém que me entendia para eu passar toda a minha mensagem. Ansioso fiquei durante um tempo vagando de lá para cá, mas hoje estou aqui para acima de tudo pedir perdão para toda a minha família. Peço perdão em especial para minha mãe que sempre cuidou de mim com toda paciência possível.
         Minha vida não foi fácil a partir do momento que conheci o álcool. Nós tivemos uma ligação muito forte. O que pode uma bebida fazer com um homem! Acho que fui uma pessoa boa, tinha amigos e uma família. Irmãos que me amavam e me acolhiam nas horas difíceis. Fui trabalhador, trabalhei muito para dar de melhor a esposa e filhos. Trabalhei duro, mas todo esse trabalho foi para o lixo a partir do momento que a bebida tornou o primeiro lugar em minha vida.
         Quantas coisas erradas eu fiz... Perdi o aconchego do meu lar, perdi a convivência com meus filhos e perdi o amor de minha esposa. São perdas irreparáveis. Sofri muito. Quantas vezes falei que não ia beber mais, mas ninguém confiava mais nas minhas palavras pois já havia dito isso tantas vezes e tanta vezes voltei atrás.
         Me arrependo amargamente da vida que levei. Hoje ainda sofro muito. Sofro porque estou conseguindo enxergar os erros cometidos. Não posso dizer que fui de todo ruim, pois amava meus filhos e lutava para dar o que tinha de melhor a eles.
         Bem estou aqui neste instante para pedir perdão a toda a minha família pelo sofrimento que lhes fiz passar.
         Mãe me perdoa, pois fiz você sofrer demais. Você que sempre acreditava em mim. Não podia ter agido dessa forma.
         Um dia vou lhe encontrar novamente acredite, é verdade, nós não morremos, passamos para um outro plano. E neste dia vou lhe pedir perdão de joelhos.
        Queria pedir perdão aos meus irmãos que sempre estavam ali a me ajudar, claro cansados pelas minhas atitudes, mas sei que  me amavam.
         Filhos desculpem pelo seu pai. Amo vocês demais.
         Quero dizer que estou em tratamento ainda me restabelecendo, mas ainda muito fraco.
         Obrigado por me ouvirem e aceitem minhas desculpas e me perdoem.
         Sinto muitas saudades.
         Mando um beijo para os meus netos e um abraço a todos.
         Que Jesus permaneça com vocês.
                  
                 Consagrado.  (Enock)  
                                                              
                Médium: Regina
                Psicografia recebida em Reunião de Psicografia em 2014.

domingo, 19 de outubro de 2014

ORAR, ORAR E ORAR.

Foi com muita indignação que cheguei aqui, não me conformava, tudo era escuridão e medo. Sempre me via na cena daquele terrível acidente que me tirou a vida, porque eu?
Não tive culpa daquele acidente, o que fazer se o outro carro era guiado por um bêbado. Como eu regressei e ele ficou? Não podia me conformar. E por conta dessa inconformação fiquei muito tempo na escuridão, quando tive total consciência do que havia me ocorrido, jurei que me vingaria daquele maldito que acabou com meus sonhos, que me separou da minha filhinha ainda tão pequena, da minha mulher querida, dos meus pais e meus irmãos. O encontraria onde ele estivesse. Assim vivi muito tempo, a vingança me mantinha forte, não pensava em mais nada, via e revia na minha mente aquele momento em que os carros se chocaram e me via constantemente no asfalto coberto por um saco preto.
Ia do ódio a pena de mim mesmo em questão de segundos, vivi um verdadeiro tormento dentro de mim mesmo.
Sofri e me neguei receber ajuda por muito tempo, os anos se passaram e minha filha cresceu, eu nunca mais tivera notícias dos meus entes queridos, vivia somente pela vingança. Um dia fui levado a uma casa a qual eu não conhecia, vi uma mocinha ajoelhada orando, não a reconheci de pronto, mas senti que orava por mim, pedia a Deus que me auxiliasse onde eu estivesse. Vi uma mulher entrando naquele quarto e para minha surpresa vi ali na minha frente minha esposa que vinha ao encontro da mocinha para as orações diárias.
Naquele instante desabei, foi como se o meu mundo de ódio e de vingança caísse por terra, ajoelhei-me ao lado delas e acompanhei-as nas orações.
Comecei nesse dia a compreender o verdadeiro valor da oração e o verdadeiro sentimento do amor.
Sentia-me corar, o que eu havia feito comigo mesmo, desde minha volta tinha me esquecido de tudo em favor do ódio e da vingança.
Meu Deus, como fui imprudente, percebi que tudo o que me havia acontecido desde o dia do acidente foi escolhido por mim mesmo. Quantas dores e sofrimento eu poderia ter evitado, como sofri. Orar com amor e com fé nos trás a paz que buscamos.
Orar, orar e orar. Deus estará presente, podem ter a certeza disso.
Muita luz em seus corações.
     
Francisco.   
                                                         
Psicografia recebida em Reunião de Psicografia de 2014.                                     

            Médium:  Irmã D.

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

NEM LER E NEM ESCREVER    ( 22/01/14)

        Eu sou um homem que não sabe ler e nem escrever e hoje aqui estou escrevendo usando as mãos de uma pessoa que não conheço, como isso é possível?  Estão me dizendo que trago em minhas lembranças o saber da leitura e da escrita. Como passei uma vida inteira sem esta virtude?
        Como sofri preconceito, fui um negro curioso e como gostaria de saber ler livros e até mesmo escrever, Estão me dando esta oportunidade aqui como uma forma de despertar em minhas lembranças esta sabedoria que estar dormindo.
       Eu fico preso, ou melhor, ficaria preso em bibliotecas tentando ler aqueles livros que meu padrão não deixava eu pegar. Até mesmo já fui para o tronco muitas vezes por ser um negro teimoso. Chega não vou mais sofrer, posso escrever e ler mesmo que seja com olhos e mãos de amigos desconhecidos, não me pergunte como isso é possível, mas não importa. Hoje me sinto liberto de tanto sofrimento e sei que posso mudar muitas coisas que vivi tendo esta oportunidade.
       Obrigado. Se me for permitido voltarei e com muita sabedoria para escrever e até mesmo ensinamentos.  Lutarei para ser um negro diferente de tudo que vivi com os meus livros que agora posso ler.

                                               VALENTE E SONHADOR      (05/02/14)

        Oi sou o negro rebelde que queria escrever e ler, que hoje faço isso com a sua ajuda. Fiquei aqui e pude entender que o tempo passou. Graças ao bom Deus e os orixás não existe mais a escravidão e que todos os negros tem direitos iguais ao trabalho e ao estudo.
        Fiquei sabendo que irei nascer novamente, eu compreendo assim melhor. Mas quero nascer negro, pois quero ser um negro letrado para dar orgulho aos meus antepassados e continuar a minha luta para que ninguém mais seja humilhado por não saber ler ou escrever. Eles me disseram que minha vida será de grandes vitórias e de muita luta. Não tenho ainda condição de saber por que tenho pouco conhecimento.
       Quero agradecer a todos vocês pela oportunidade e que “fiquei emocionado”. Não posso mais voltar, vou me preparar, mas irei para este lugar de luz muito feliz por saber que escrevi.
        Obrigado.
                                               Um negro valente e sonhador.

                                               MAIS FELIZ       (03/09/14)

        Oi eu voltei, pedi muito aos meus companheiros que brilham, eu sou aquele neguinho que gostava de ler, ou melhor, ver os livros do meu senhor na fazenda. Depois que estive aqui e pude escrever através de outra pessoa usando a mediunidade, hoje mais esclarecido, tenho me sentido muito mais feliz.
         Posso dizer que meu “corpo” não há mais marcas do tronco, não tenho mais meu coração triste ou angustiado, mas a sede de aprender não mudou, fico louco para escutar as palestras. Eu já sei ler e escrever somente com a ajuda de muitos aqui, como neste momento. Nossa é muito bom ver que é possível, eu escrevo, eu escrevo, sempre fui muito ansioso e continuo do mesmo jeito. Gostei tanto de estar aqui que logo voltei. Acho que não demorei muito a voltar.
         Sinto que um dia vou escrever aqui um lindo poema e todos ficarão com muito orgulho de mim.
         Obrigado, muito obrigado meus irmãos de luz, estou muito mais feliz mesmo.
                                                         
                                             Psicografia recebida em Reunião Mediúnica 2014
                                             Médium :Nicodemos

domingo, 12 de outubro de 2014


A BELEZA SÓ ME FEZ SOFRER

 Meu Jesus, porque só hoje tanto tempo depois o arrependimento toma conta do meu espírito infeliz, nasci numa família que me acolheu com muito amor, tive uma beleza física de dar inveja e foi isso a minha perdição, me aproveitei da beleza e da juventude de maneira tão errada que hoje me encontro na forma de uma bruxa, como fiquei Jesus, sou uma criatura horripilante, eu deveria ter feito tudo tão diferente! “Porque só tão tarde me arrependi”.
Jesus, sou um monstro, me sinto a pior criatura desse mundo, não mereço perdão, tenho vergonha de tudo o que eu fiz, como me arrependo.
Quanto mal causei a minha família, principalmente meu pai, alma sensível que não merecia o que fiz com que sofresse tanto, hoje tento encontra-lo, mas não consigo. No lugar que me encontro tudo é tristeza, escuridão e lama. Meu pai que saudades de você, como eu queria recomeçar tudo outra vez, juro que não erraria tanto, não faria com que você e minha mãe sofressem tanto com atitudes que os envergonharam e hoje me envergonham.
Como fui tola achando que podia tudo, que sabia tudo e quantos massacrei com minha vaidade e meu cinismo, perdão Jesus, perdão para um espírito devedor. Espero um dia poder encontrá-los e juntos começarmos nova existência, prometo Jesus, que tentarei ser melhor. Peço que a minha aparência não me favoreça ao descontrole, peço-lhe Jesus que me dê um corpo defeituoso e de aparência bem feia para que eu não caia na mesma asneira, a beleza só me fez sofrer, eu não soube aproveitar o tempo a meu favor, só fiz coisas lamentáveis.                
Perdão meu pai, perdão minha mãe, me perdoe Jesus e me ampare que eu possa conseguir nova chance.  
Obrigada.
Uma irmã envergonhada.                                                                              
                                                         
Psicografia recebida em Reunião de Psicografia de  2014.                                     
           Médium:  Irmã D.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

QUERO VOLTAR


       Meu nome é Ricardo. Resolvi buscar este caminho para me comunicar, pois a tempos estou junto de meus familiares e eles parecem não me escutar e parecem não me ver. Julgo que seria possível eles perceberem que ali estou, pois faço de tudo para me tornar visível para eles.
         Bem, eu digo Oi Mãe. Você não imagina o quanto estou sofrendo. Acho que não pode sentir isso, pois você não sente a minha presença quando estou junto de você. Eu sofro e vejo que você também sofre. Fico me perguntando o que fiz da minha vida? Porque ultrapassei todo limite de quilometragem que um carro poderia fazer? Você sabe que adorava viver no limite. Toda adrenalina era pouca para mim. Fazer pegas era o meu divertimento favorito.  
        Nunca imaginei que isso poderia me conduzir a morte. Foi neste último pega com meus amigos que coloquei a minha vida a prova e parti.
       Estou sem rumo, andando de um lado a outro, querendo ter a minha vida de volta. Não consigo acreditar que isso seja impossível.   
        Quando vejo meus amigos, meus irmãos camaradas, amigos de balada, amigos de todas as horas fico imensamente triste e desnorteado. Tento me comunicar, mas não consigo ser ouvido.
         Porque fizeram isso comigo? Foi Deus que me levou? Chegou a minha hora? Não sou ligado a religiões, nunca fui, mas sempre ouvi que só partimos quando chega a nossa hora. Daí me pergunto por que parti tão novo? Porque não me foi permitido viver mais?  Seria Deus tão injusto comigo assim, me tirando do cenário junto aqueles que adorava?
         Certamente não tirei a minha vida, pois jamais faria isto. Gostava muito de viver. São tantas indagações que me atordoa. Por isso vivo neste marasmo que é estar aqui deste lado. Quero voltar, por favor, permita que isso aconteça.
         Prometo ser mais prudente.  Agir com mais consciência. Acho que é tarde demais!
         Mãe te amo. Um dia vamos nos encontrar. Por favor, me ajude a superar isso.
         Como posso estar morto se enxergo, escuto, tenho emoções e tenho fome. Isso para mim não é morte, é definitivamente um martírio.
         Preciso de ajuda... Mas não sei de quem. Vejo a todo instante o acidente como se um filme passasse e não acabasse. Será que estão me mostrando algo que não consigo enxergar?
      Sei que o seu sofrimento é tão grande quanto o meu, mas você está rodeada de pessoas queridas e eu aqui sozinho me desfazendo em dor.
     Nunca pensei que conseguiria chorar tanto. Me derramo em lagrimas a toda hora, me pergunto: - O que fiz da minha vida? Pergunta esta sem resposta. Espero um dia encontrar todas as respostas.
         Espero mãe que possa encontrar uma forma de me ajudar.
         Espero que estas palavras possam chegar até você. E hoje te digo uma coisa que nunca pude te dizer por ser muito louco, muito largado.
         TE AMO do fundo do meu coração. Só hoje vejo a falta que você me faz.
         Beijos do seu Ricardo.                  
                           
                Médium: Regina 
               Psicografia recebida em Reunião de Psicografia em 2014.